De segunda à sexta em nossa igreja, temos um culto de adoração, onde basicamente (como o nome diz), passamos a maior parte do culto cantando em adoração a Deus. São tardes maravilhosas onde a presença do Senhor é real não apenas pela fé, mas por sentirmos também.

Numa dessas tardes enquanto compartilhávamos a Palavra sobre o que Deus está fazendo em nossas vidas durante esses cultos, uma irmã falou que o Senhor havia lhe dito que ela havia estado em coma espiritual, e que Ele a estava despertando.

Como isso me chamou a atenção! A partir daí senti o desejo de escrever um pouco sobre esse assunto.
Vejamos algumas considerações…

Pra entendermos um pouco sobre isso, primeiro veremos o que seria coma no sentido físico.

A revista on-line Viva Saúde diz o seguinte:

“O paciente que está em coma vive um estado parecido a um sono profundo, porém, ele não pode ser acordado (se alguém chamá-lo, ele não vai responder) e não demonstra nenhum conhecimento de si próprio nem do ambiente ao seu redor. Por isso, os especialistas definem o coma como um estado caracterizado, principalmente, pela ausência ou extrema diminuição da consciência (nível de alerta comportamental), e pela falta de resposta aos estímulos, tanto internos quanto externos. Durante o coma, a pessoa mantém os olhos fechados e, se fizer algum movimento, este é involuntário. Também, os médicos não podem afirmar se o paciente está dormindo ou acordado. Como o estado de consciência está alterado, não é possível fazer essa diferenciação.

Interessante isso, não acha?

Trazendo para o que queremos dizer, percebemos que são sintomas, infelizmente, muito comuns na vida de muitos cristãos. Não estão mortos, mas vivem como. Estão em um sono profundo, mas que não podem ser acordados naturalmente. No íntimo eles perderam a noção de si mesmos e do ambiente que está à sua volta, inclusive o que está acontecendo no momento de adoração nos cultos.

Estão em “um estado caracterizado, principalmente, pela ausência ou extrema diminuição da consciência, e pela falta de resposta aos estímulos, tanto internos quanto externos”. São pessoas que você pode gritar, falar cheio da unção do Senhor, e elas permanecem sem nenhuma reação. Perderam a noção do que é a adoração, do que é a vida cristã. O Espírito Santo fala, usa as pessoas, e elas permanecem do mesmo jeito.

É bom observar que no sentido do coma espiritual, diferente do coma físico, a pessoa não fica numa cama. Ela até pode fazer coisas na obra de Deus, mas igualmente como no outro, ela mantém os olhos fechados e os movimentos são involuntários. São movimentos provenientes do estado em que se encontra, não há voluntariedade dela pra Deus, ela não encherga mais como quando estava acordada, melhor, não encherga mais com os olhos espirituais.

Ao observar a falta de reação dessas pessoas (como os médicos fazem em relação ao coma físico), não podemos afirmar se elas estão dormindo ou acordadas, por causa do nível de consciência espiritual delas é impossível fazer essa diferenciação…

Quantos no corpo de Cristo estão nessa situação? Muitos! É só olhar para dentro de nossas próprias igrejas que a gente vê a falta de entusiasmo pra adorar a Deus. Não estou falando de gostar de cantar uma música, mas de adorá-lO.

Quantos que fazem parte de grupos de louvor não sentem mais nenhum entusiasmo pra servir, fazem sem voluntariedade, estão entre a vida e a morte, e por causa desses os ministérios em que fazem parte estão assim também. Não há sinal de vida, da vida que havia antes desse estado se instalar.

Como muitos estão assim, quantos ministérios de louvor, quantos líderes (que é o mais preocupante) estão em coma e não sabem…

Cultos com gente em coma, cheira à morte e não à vida, não a Jesus.

Sabe, eu também estive assim, e como é bom voltar a viver normalmente em Deus de novo! Como é bom poder irradiar vida, a Vida de Deus!

Não estou falando sobre serviço. Estou falando de VIDA! Como líder de louvor procurei sempre fazer as coisas certinhas, mas passou a faltar voluntariedade em mim. E o pior: Observava isso só nos outros, mas não em mim mesma.

Até que Deus começou a me mostrar a situação em que eu estava e comecei a lutar pela minha vida. Eu escolhia lutar pra continuar a viver ou morrer de vez.
Graças a Deus escolhi viver e saí do coma espiritual.

Talvez você que entrou nesse blog também esteja na mesma situação.
Pode ser que você esteja em coma espiritual e não sabia, e só o fato de perceber isso seja um despertar do Senhor na sua vida e no seu ministério.

“LEVANTA-TE, resplandece, porque vem a tua luz, e a glória do Senhor vai nascendo sobre ti
(Isaias 60.1)


É hora, querido adorador, de despertar, de se levantar e resplandecer a
Vida!

Leia: Transparência no Ministério

Anúncios

Sobre Maria Amélia

Sou esposa e mãe.

Uma resposta »

  1. danile disse:

    E verdade a pior coisa é está em coma espiritual sem vontade de fazer nada na obra de DEUS, sem vontade de adorar a DEUS, ñ digo nem vontade, pq adorar a DEUS ñ depende de está com vontade ñ, mas pq, AMA ao SENHOR e quer fazer a sua VONTADE.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s