Ao longo dos séculos Deus sempre procurou providenciar meios de trazer o homem de volta à Sua presença. As muitas leis e rituais foram estabelecidos para que de alguma forma o homem não perdesse contato com o Senhor. Elas foram um ato do Seu amor para com o homem que pecou, possibilitando-o a achegar-se a Ele.

Antes de pecar, Adão tinha liberdade na presença de Deus, ele ouvia a Sua voz no Éden, não precisava de rituais, leis cerimoniais para adorá-lO, até que o pecado entrou.
Mesmo assim, Deus não perdeu o homem de vista. Deus ama o homem e sempre o amou, o porquê eu não sei. Talvez a melhor explicação seja porque Ele é amor. O Senhor providenciou um meio para que o homem voltasse a ter a mesma liberdade que tinha antes do pecado, pois Ele queria isso.

O Senhor nunca dificulta o nosso acesso a Ele, o homem caído, sim. As leis e rituais não eram pra dificultar, mas para que o acesso à Sua presença se tornasse possível. Deus não se agradava que animais fossem mortos constantemente, que constantemente o sangue deles fosse derramado (I Samuel 15. 22), porém, era necessário para que o homem pudesse estar na Sua presença. Sem os sacrifícios, sem os rituais, sem as leis, isso seria impossível ao homem. Eles não resolviam totalmente o problema, mas apenas serviam como “um mapa do tesouro”. Se o homem seguisse “o mapa” chegaria ao “Tesouro”. Se ele cumprisse tudo direitinho, chegaria a Deus, entretanto, o homem nunca cumpria por mais que procurasse, pois o pecado era a maior dificuldade, não os sacrifícios.
Até que uma vez mais, o Senhor, facilitou nosso acesso à Sua presença através de um único sacrifício, não de animais, não feito pelo homem, mas por Ele mesmo. O homem nunca poderia “percorrer a distância” que havia entre ele e o “Tesouro”, até que o “Tesouro” veio ao seu encontro, estar pra sempre com ele, Jesus, o nosso tesouro, restaurou a nossa comunhão. Tudo ficou fácil agora. O Senhor nos dá liberdade de adorá-lO, temos acesso livre à presença de Deus, posso adorá-lO a qualquer hora e em qualquer lugar, no meu espírito Ele está!

O Senhor nunca foi difícil, o homem, sim. Deus nunca dificulta, o homem, sim. O homem dificulta com sua rebeldia e desobediência. O homem dificulta com sua falsa independência, e tudo isso é resultado do afastamento de Deus. Mas, o Senhor nos perdoa e com Seu amor continua a nos chamar à Sua presença pra nos aproximar-mos com ousadia e alegria sabendo que não precisamos mais ter medo de adorá-lO, mesmo do jeito que estivermos. A Sua presença nos afasta da rebeldia e desobediência, a Sua presença nos faz enchergar como somos dependentes dEle. A Sua presença organiza nossa vida interior, a Sua presença nos completa.

Cheguemo-nos, pois, com ousadia, sem medo, para adorá-lO. Temos acesso livre em Jesus, aleluia!

“No qual temos ousadia e acesso com confiança, pela nossa fé nele”

Efésios 3. 12

Maria Amélia

Leia também: O Segredo da adoração

Anúncios

Sobre Maria Amélia

Sou esposa e mãe.

Uma resposta »

  1. Rosivam disse:

    Ben-aventurado sao aquele que faz avantade d deus

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s